Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

02.05.20

Ter, Ser e parecer.


Vorph "ги́ря" Valknut

fabula-o-avarento.jpg

"Na famosa Fábula de Esopo “O Avarento”, um homem que tinha um lingote de ouro havia enterrado este bem precioso num local aparentemente seguro e todas as noites verificava se ainda ali se encontrava. Até que um ladrão, suspeitando que pudesse estar naquele local algo valioso, seguiu o nosso avarento e substituiu o lingote por uma pedra. Apesar do desespero ao descobrir, a verdade é que o homem não fazia com o pedaço de ouro mais do que faria com uma pedra e a sua obsessão poderia assim encontrar perfeitamente outro objecto. Nos dias de hoje, também nós somos um pouco como o protagonista desta fábula: retirada a utilidade de certos bens, como um carro ou uma casa, inquietamo-nos com a pretensa importância do último modelo automóvel ou a hipotética necessidade de mais assoalhadas numa casa já de si atolada de objectos que acabamos por nunca utilizar, cedendo, assim, a uma comparação que de social tem muito pouco".

Texto da autoria de GC. 

Continua aqui

8 comentários

Comentar post