Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

Mateus, Capítulo 23 27 “Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície. 28 Assim são vocês: por fora parecem justos ao povo, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade". 33 “Serpentes! Raça de víboras! (...)
När jag tänker på den ständiga resan genom livet När det alltid känns som höst Då vänder sig vinden sakta mot norr Och blommorna dör Det faller regn i mina drömmar Jag måste resa igen och leta efter tröst Jag måste leta igen efter ömhetens röst Jag måste resa igen till nästa höst Den ständiga resan till nästa höst När jag vandrar på den steniga vägen genom livet När det känns som jag bar på en sorg Då gömmer sig solen sakta i moln Och ordet är adjö Snart (...)
  Sinto não ser mais que uma cinza soprada, Trazendo no peito um carvão ardido. Melhor teria sido fechar-me dos anos que vivi. Melhor teria sido o bom olhado do covil. Pois nefandos são os dias, E estranhas ficaram as minhas alegrias. Tudo vi. Os dias adiante, são como dias atrasados. Ó, tivesse, mais cedo, a vida desistido de mim,  E não ter visto a dor do meu pai, a morte da minha mãe, E provado o sal do meu despedido irmão.    Poema inspirado pelo espírito do Kalevala (...)
O Fim teve início quando expulsámos, da Terra, para os céus, os nossos Deuses.  "Antes da existência da Terra habitada pelo Homem, havia apenas um grande vazio, o Ginungagap. A norte situava-se uma terra coberta de gelo e neblina, o Niflheim, e ao sul estava Muspelheim, a terra do fogo. Um dia, o gelo e a lava, desses dois mundos, juntaram-se em Ginungagap, dando origem a Ymir, um gigante, e a Audhumla, uma vaca. Das tetas de Audhumla corriam quatro rios de leite, alimentando-se, (...)
  "I remember the shining sanguine Sun, the frozen forests and fallen leaves, and the hollow hill under the sky. I remember the complex cold caverns, the long tranquil tunnels and the large underground lakes. I remember the dim depths of the Earth, the lucid lady in the light and her sacred stanza. I remember the bright beast in her boat, the tall troll telling her tales, and the honey in the haunted hollow. I remember the protected password, the secret soothing symbol (...)