Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

02.04.20

Sobre Ramalho Eanes e sobre se nestes "tempos incertos vai-se ao local"


Vorph "Girevoy" Valknut

Não me parece adequado que se deva recriminar quem decide, por estes dias, ficar em casa a fazer comentário político. Há pessoas que se impuseram um retiro social, não por estarem doentes ou pertencerem a grupos de risco mas, essencialmente, para não constituírem, para outros, mais fragilizados, incluindo familiares, um factor de risco acrescido. Não são, para mim, heróis de sofá, nem homens de pacotilha, que mereçam velada censura ou troça falhada. Aliás, poderia entender a atitude de Eanes (a recusa de dar a entrevista, de ontem, à RTP, por "Skype") como rasto, não de humildade ou coragem (abdicar da nossa vontade em nome dos outros) mas do cultuar egotista e bravateador, da "marca", por si criada, aquando das primeiras eleições presidenciais pós PREC. O "General Sem Medo".

Dito isto, admiro o General Ramalho Eanes (um ou o maior político português do século XX), não esquecendo, jamais, as virtuosas razões que o levaram a recusar o Bastão de Marechal e uma subvenção estatal que, com retroactivos, somava 1 milhão de euros.

 

(Agradeço ao Pedro o motivo da reflexão). 

15 comentários

Comentar post