Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

Paredes de Coura, 16km (no Bosque procuro um mundo que se perdeu).

IMG_20191123_152313.jpg

IMG_20191123_155255.jpg

IMG_20191123_125219.jpg

IMG_20191123_124927.jpg

IMG_20191123_124720.jpg

IMG_20191123_124646.jpg

IMG_20191123_124336.jpg

IMG_20191123_122158.jpg

IMG_20191123_114936.jpg

IMG_20191123_111546.jpg

IMG_20191123_110908.jpg

IMG_20191123_110106.jpg

IMG_20191123_152034.jpg

IMG_20191123_142410.jpg

IMG_20191123_141252.jpg

IMG_20191123_140856.jpg

IMG_20191123_141449.jpg

IMG_20191124_000313.jpg

IMG_20191124_001026.jpg

 

"I remember the shining sanguine Sun, the frozen forests and fallen leaves, and the hollow hill under the sky.
 
I remember the complex cold caverns, the long tranquil tunnels
and the large underground lakes.
 
I remember the dim depths of the Earth, the lucid lady in the light
and her sacred stanza.
 
I remember the bright beast in her boat, the tall troll telling her tales,
and the honey in the haunted hollow.
 
I remember the protected password,
the secret soothing symbol
and the old Odal objects.
 
I remember the red runes on the rock, the spell of seeing being sung,
and the bold opening up of the beautiful burrow.
 
I remember the coming of man reborn, the birth of Baldur the bright,
the return of a world that was woefully lost."
 
Varg Vikernes. 
 
__________
 
" Lembro-me do sol reluzente, em cores rubras, dos bosques gelados e das folhas caídas, e dos segredos da montanha, trazidos do céu. 
 
Lembro-me das cavernas, das grutas e dos seus lagos, como pias batismais. 
 
Lembro-me da névoa densa, suor da Terra, e da iluminada Donzela, estendendo-me, das águas, o seu sagrado encanto. 
 
Lembro-me do Velho, de um só olho, que tudo sabe, Odin, da sombra do sábio Freixo, Yggdrasil, de Nidhogg, e do Longo Inverno, do Eterno Retorno, eu lembro-me.... 
 
Lembro-me da chave segredada, do Signo secreto da Herança, Odal, e das Runas de Fogo ecoadas em abrigos fechados. 
 
Recordo-me do Regresso do Homem, renascido, de Baldur, Iluminado, e da chegada de um mundo, maravilhoso, perdido na memória".
 
(Música: Varg Vikernes/Burzum. Tradução e adaptação a partir de um texto de Varg Vikernes
 
 
 
 

 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Vorph Valknut 23.11.2019

    Uma das caminhantes era da Madeira, tendo ela referido, precisamente, essa semelhança. Mas julgo que as levadas são mais perigosas. Aliás, falou-se muito sobre a Madeira, nomeadamente numa fábrica de gelo que, obrigava os homens a trazer grandes blocos gelados, do cimo das montanhas, enrolados em peles de animais. Falou-se, também, no local onde Churchill gostava de pintar, na Banana Maracujá (?).... Não sabia que o nome Funchal provinha do funcho (é verdade, sempre a aprender)..... Só faltou Poncha
  • Imagem de perfil

    Luísa de Sousa 23.11.2019

    Reportaram-lhe muito da minha Ilha da Madeira!!!
    Fico contente!!!

    Beijinhos


  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D