Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

04.06.20

O racismo, sendo universal, não é todo igual.


Vorph "ги́ря" Valknut

Os que pretendem, nos EUA e "cá", branquear o racismo contra os pretos, afirmando que também estes são racistas, acabando numa generalização, amoral, de ser o racismo todo igual e universal, partem de falsas premissas. O sentimento/emoção racista, em menor ou maior grau é universal (está nos genes), sim senhor, mas ele não tem todo o mesmo valor histórico e cultural, nem pode, nem deve, ser tratado de forma igual. Se assim fosse não falaríamos no anti-semitismo, particular, do III Reich, mas sim, e apenas, nas políticas racistas gerais daquela ideologia. Sabemos bem demais que as consequências sociais, culturais, históricas, económicas, políticas, do anti-semitismo alemão ou eslavo, do racismo, contra os africanos, não são passíveis de ser abrangidas, entendidas, pelo significado desse "outro" racismo, biológico, inato, inconfessável, inconsciente, mas presente, em cada um de nós.