Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

06.03.20

Não há fórmula matemática que me explique a Gravidade de "A Morte e Marcha Fúnebre de Siegfried", de Wagner ou a "Sonata ao Luar", de Beethoven


Vorph "ги́ря" Valknut

Nunca precisei das leis da termodinâmica para coisa nenhuma. Sendo, na maior parte do meu tempo, uma pessoa, é-me bastante mais útil usar Montaigne, Papini,Torga, Alexander Pope, Shakespeare, Platão, Séneca, Leopardi, Bolano, "Nandinho", para compreender a vida, do que Hawkins ou Hubble. Aliás, não tenho muita paciência para ignorantes, os tais que não se interessam pelas coisas maiores da vida (as que têm, em si mesmas, valor e não no que permitem materialmente obter). São aborrecidos, aborrecem, e aborrecem-se com extrema facilidade. Não há fórmula matemática que me explique a gravidade de "A Morte e Marcha Fúnebre de Siegfried", de Wagner ou a "Sonata ao Luar", de Beethoven. Ouvindo, sentindo, aprendo o que nenhum livro, sobre números, jamais me ensinará. Resolvo, nos sentimentos, delas, todos os mistérios do mundo. E quem não sente, não as sente, não é Homem. É número, objecto, pedra, um vazio de gente que ocupa um espaço de nada.

 

2 comentários

  • Não, Isabel. Incorrecto.
    Há Espaço mas, não há Tempo para tudo. Siga Nietzsche e o seu Eterno Retorno.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.