Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

12.09.20

Finalmente a minha etnicidade


Vorph "ги́ря" Valknut

my-heritage.png

IMG_20200912_012003.jpg

 

Finalmente recebi os resultados da avaliação genética à minha ancestralidade. Ei-los :

68,4%- Etnia Ibérica (os famigerados "Celtiberos"); é a etnia mais frequente entre os portugueses que realizaram avaliações genéticas. 

19,1%- Sardo (tal como os Bascos apresentam características genéticas muito particulares. Julga-se terem, primitivamente, provindo da Anatólia.); Uma etnia que ocupa o 6°lugar entre os portugueses que realizaram avaliações genéticas. 

10,4%- Norte Africano/Magrebe (normal, em virtude da proximidade geográfica); A etnia em 2°lugar entre os portugueses que efectuaram testes genéticos de ancestralidade. 

1,2%- Finlandês (ao contrário do que se julga a etnia finlandesa é diferente da etnia escandinava, resultante de uma mistura entre as etnias do Norte da Europa e os Eslavos Ocidentais/Russos. O seu idioma tem certas similitudes com o húngaro); Uma etnia que ocupa o 18° lugar entre os portugueses que fizeram estes estudos genéticos. 

0,9%- Nigeriano (entre os principais grupos étnicos contam-se os Yoruba, famosos pela sua estatuária, em pedra, algo que intrigou, durante séculos, os historiadores); ocupa o 13°lugar entre os portugueses. 

Curiosidades:

Não ter marcadores genéticos italianos/"romanos" (em 3°lugar nos portugueses que realizaram estes testes), nem da Europa Central/Ocidental (em 4 °lugar nos portugueses que realizaram estes testes), nem Judeus (parte da minha família é Beirã). Apresentar em 3°lugar marcadores genéticos tipicamente finlandeses. 

Estas são as principais etnias encontradas em Portugal (abrir link) :

https://www.myheritage.com.pt/ethnicities/portugal/country-ethnicity-distribution

Nota :

De referir que os marcadores genéticos correspondem a características - sequências preservadas, ao longo dos tempos, de núcleotidos específicos - encontradas no DNA das várias etnias, não tendo, na maior parte das vezes, relação directa ou conhecida com os genes, ou seja, com aqueles segmentos de DNA codificadores de características fenotipicas (físicas).

As maiores surpresas, para mim, foram a predominância de marcadores genéticos da etnia Sarda (em 2°lugar), a ausência total de marcadores genéticos judeus e italianos, mais "aquela cena" da Nigéria. 

12 comentários

Comentar post