Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

05.04.20

A vida merece ser vivida quando nela cabem mais páginas em branco do que ditados duros em margens estreitas.


Vorph "ги́ря" Valknut

Não falando, em concreto, desta pandemia, recuso, como indivíduo e cidadão a, em nome da "saúde pública", em nome da "sociedade" (não me abdico em "afectividades" a desconhecidos) obedecer, religiosamente, ao que a ciência me diz para fazer mas, sobretudo, ao que me impede de fazer.

Como "conhecedor" da história dos movimentos ideológicos e "sabedor", também, de como a ciência não raramente é conduzida pela política e pelo capricho de uma volúvel e fútil vontade (a ciência não é politicamente neutra, nem por si virtuosa) , os países, os parlamentos, os jornalistas, deverão saber que acima da vida estará sempre a liberdade de a podermos viver à nossa maneira, de a gastarmos conforme o nosso desejo. E para tal torna-se axial não só aprendermos, como até aqui, um conhecimento técnico e científico, mas um outro, esquecido e antigo que, não sendo transformativo por fora, o é por dentro.

Estou certo que uma sociedade, uma comunidade cobarde, cheia de medos, perecerá, abdicando de si, entregando-se aos especialistas/ao, O Especialista. A Liberdade concreta do Indivíduo e não a Vida abstracta, deverá ser, sempre, o nosso Valor Absoluto.

 

A vida merece ser vivida quando nela cabem mais páginas em branco do que ditados duros em margens estreitas.

2 comentários

Comentar post