Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

27.11.18

...


Vorph "ги́ря" Valknut

"O Contrato Social fundamenta-se numa classe de teorias que tentam justificar os caminhos que levam as pessoas, de livre vontade, a formarem Estados, legitimando, assim, a abdicação de certos Direitos com o fito de conseguirem determinadas vantagens asseguradas por aquele mesmo Estado . Neste prisma, o Contrato Social seria um acordo entre os membros da sociedade, através do qual , reconhecem o Poder da Autoridade de um Regime Político e dos seus representantes."

 

"Um Contrato é um vínculo jurídico entre dois ou mais sujeitos de Direito, resguardado pelo acordo de duas ou mais vontades."

 

Ao nascermos, ou noutro momento das nossas vidas, quem, de nós, assinou o tal Contrato Social, no qual abdicaríamos de parte de uns, ditos, "nossos direitos" em troca de uns quaisquer "benefícios pessoais"? Que eu me recorde, nunca, ninguém, me apresentou o dito contrato. Não o tendo assinado, não lhe conhecendo as cláusulas, não tendo dado nenhuma autorização contra a liberdade de decidir, exclusivamente, pelos ditames da minha própria consciência, como me podem acusar, ou vir a acusar, de violar alguma lei geral do, tal, "Estado"? Não é isto tudo uma enorme patranha?