Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

18.11.18

...


Vorph "ги́ря" Valknut

Sento-me, aqui, sozinho e vejo o passado desenrolar-se 

Qual o seu significado?

Ele dança, salta, para depois cair, e desaparecer perante os meus olhos

Vejo a aurora tremendo, abrindo-se, chorando

E depois a noite e com ela as sombras no meu quarto

Pensamentos, pesadelos, estremecem

A vela acendida

Qual será o meu destino? Poderei cumprir-me alguma vez?

Futuro, persigo-te, ardendo o meu presente por ti

Conseguirei salvar-me?

O sangue, o meu coração, tornam-se negros

E em cada lágrima, uma parte de mim

Ainda jovem, mas cansado pelo peso de uma idade que não é minha

Se ao menos pudesse romper com as mentiras da minha vida

Cortá-las, e ser um com o firmamento

Anseio pela serenidade

Oxalá me iluminasse a luz da vela acendida da verdade

E deixasse de ser vitima do ódio. Da falsidade

Procuro-me, em pureza

Nas veias abertas, e adormeço gelado

A calma, embala-me

E com ela, em verdade, renascerei.

(tradução livre)

 

Em memória de Tony Särkkä (1972-2017)

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.