Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

B(V)logue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

15.11.18

...


Vorph "Girevoy" Valknut

As Nações Unidas têm facilitado mais os assassinos em massa, do que a sua prevenção. Os lideres sanguinários sentem-se impunes perante a passividade da comunidade internacional, perante o seu relativismo moral (afinal são culturas diferentes; países soberanos; lideres "eleitos") . É nossa obrigação moral , fazer saber a todos os ditadores, a todos os torturadores, de que a comunidade internacional intervirá com toda a rapidez necessária, em defesa da vida e dignidade humanas, intervenção essa legitimada pela ideia de que mais que cidadãos,  adeptos de uma qualquer corrente religiosa, ou política, somos, todos, em primeiro lugar, pessoas humanas, e como tal dotados, igualmente,  de Direitos Inalienáveis e Universais como aqueles consagrados pela Declaração Universal dos Direitos Humanos. Os lideres sanguinários, responsáveis por assassinos em massa não devem esperar outra coisa senão o julgamento justo, ou se for necessária a sua execução.

Daniel Jonah Goldhagen (texto adaptado)

 

Num mundo global, interligado, interdependente, não devem existir "assuntos internos". Os lideres comunistas, os ditadores, os políticos sem legitimidade, os abusadores, os torturadores, dizem: "Não interfiram nos nossos assuntos internos. Deixem-nos governar, nós temos os nossos costumes, vocês ignoram a história do nosso país, a nossa civilização. Por isso deixem-nos massacrar em paz e em silêncio." Mas eu rogo-vos, lideres do Ocidente. Venham e interfiram.

― Alexander Solzhenitsyn, Warning to the West (texto adaptado)

 

3 comentários

Comentar post