Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

18 Set, 2019

...

And nothing is written in the book, reality is made by you

And every lie that you pursue, eventually turns true

And I was told that your eyes would shine a light up into space

And infinity would then consume this ordinary place

 

 

- Muitos vêm como principal vantagem em ter muito dinheiro a liberdade, o poder, que ele, supostamente, dá para fazerem isto, comprarem aquilo e outras merdas desse género... mas eu, eu (pausa, elevando o olhar, numa coisa rasteira), pelo meu lado, só vejo no dinheiro a Liberdade de a todos poder dizer que se fodam. Percebe-me? Fui claro, doutor?

- Penso que sim.

 

Ernesto Silva, 76 anos, Gondomar. (VIII, 2019)

 

 

18 Set, 2019

...

Head trash, mind stink
Don't think, burn now
Clean mind, kill time
Black cloud, burn now
Tight rope, neck choke
Take hope, burn now
Mind scan, flat land

 

O primeiro humano formulou, em primeiro lugar, o fim da sua vida, e só depois o fim do mundo. E rala-se com este, porque se importa com aquele. Houvesse fim do mundo, sem fim da vida, e não haveria grande estribilho, ou estrondo.

Os equilíbrios existem, resultando de velhos desequilíbrios. O que é "chato" é se como pagamento do novo desequilíbrio é-nos exigido um horizontal e permanente equilíbrio.

Essa visão, recente, da inevitabilidade da extinção de determinadas espécies animais, explicada pelas alterações climáticas,  e aceite, porque inserida, na fatalidade das normais dinâmicas ctónicas é estulta, pois recorrendo-me da mesma lógica, poderia aplicá-la a temas mais sérios, como a destruição, a doença, a morte e o sofrimento, velhos amigos da vida. A questão é, se o que existe, e existiu naturalmente, é justificação para que continue a existir (onde estaríamos, hoje, se nisso acreditássemos?). A questão é, também, se devemos avaliar o que é, ou não, moral, pelo crivo do que é, ou não, natural.

Perguntaram-me, certa vez, que  "sendo a moral uma construção exclusivamente humana, não seria inglório querer adicional moral à natureza?" Respondi que "a partir do momento em que fitámos a doença, em que decidimos que os fracos, os frágeis, deveriam viver e reproduzir-se, tornamos imoral, a indiferença natural.

 

 

 

 

17 Set, 2019

...

 

Se o Amor resiste, o Tempo não existe. 

 

If you've been hiding from love

If you've been hiding from love

I can understand where you're coming from

I can understand where you're coming from

 

If you've suffered enough

If you've suffered enough

I can understand what you're thinking of

I can see the pain that you're frightened of

 

And I'm only here

To bring you free love

Let's make it clear

That this is free love

No hidden catch

No strings attached

Just free love

No hidden catch

No strings attached

Just free love

 

I've been running like you

I've been running like you

Now you understand why I'm running scared

Now you understand why I'm running scared

 

I've been searching for truth

I've been searching for truth

And I haven't been getting anywhere

No I haven't been getting anywhere

 

And I'm only here

To bring you free love

Let's make it clear

That this is free love

No hidden catch

No strings attached

Just free love

No hidden catch

No strings attached

Just free love

 

Hey girl

You've got to take this moment

Then let it slip away

Let go of complicated feelings

Then there's no price to pay

 

We've been running from love

We've been running from love

And we don't know what we're doing here

No we don't know what we're doing here

 

We're only here

Sharing our free love

Let's make it clear

That this is free love

No hidden catch

No strings attached

Just free love

No hidden catch

No strings attached

Just free love

16 Set, 2019

...

There's patchouli, spanish blossom, frankincense, and rose
I'm lavender, lavender
There's cedarwood and champa, musk, and myrrh
I'm lavender, I'm lavender
I was smolderlng then you breathed deep
May your soul be free now my smoke is sweet
There's sandalwood and lilac, magnolia
I'm lavender, lavender
Ylang ylang and jasmine and amber
I'm lavender, I'm lavender
I was smoldering then you breathed deep
Now our soul is free and our smoke is sweet
Lavender, lavender

14 Set, 2019

...

 

Não raras vezes os artífices das palavras, os comandantes das vontades, só amam a vida e os vivos pondo nos olhos a perda , não sendo ao amor, pelo outro, que dão o abraço. Nadam, pelas nazarés da auto-comiseração. Falam dos outros, sentem pelos outros, somente quando não se esquecem dos seus próprios sofrimentos. Medem a vida em varas de dores. Bons mareantes apenas no mau tempo, desorientam-se nas acalmias dos baixios. Prescrutam o horizonte na esperança do mau augúrio (que nunca mais vem!)

Pois queira - se a vida também ignorante, inebriante. Louvemos os vivos, fora dos dias de enterro. Mas tanta é essa gente, unicamente, capaz de apreciar a vida longe dos vivos.

14 Set, 2019

...

 

Quantos mortos são necessários para fazer um que viva?

Quantos "nós", de dentro, matámos, para que o eu, de fora, vivesse?

Feito de fantasmas, o eu, deste instante, um sonho da razão,

Pois não sou o que fui,

nem serei, o que sou.

Quem sou, já passou. 

14 Set, 2019

...

 

 
I heard it from my friends
About the things you said
I heard it from my friends
About the things you said
But they know me better than that
They know me better than that
They know my weaknesses
I never tried to hide them
They know my weaknesses
I never denied them
I heard it from my friends
About the things you said
I heard it from my friends
About the things you said
How can a view become so twisted
How can a view become so twisted
They know my weaknesses
I never tried to hide them
They know my weaknesses
You tried them
I get so carried away
You brought me down to earth
I thought we had something precious
Now I know what it's worth
I heard it from my friends
About the things you said
I heard it from my friends
About the things you said
I've never felt so disappointed
Never felt so disappointed
They know my weaknesses
I never tried to hide them
They know my weaknesses
Thought that you liked them
They know me better than that
11 Set, 2019

...

 

 

São cada vez mais numerosas as doenças que não se tratam, e consequentemente mais frequentes os medicamentos que, prescritos, atenuam, mas não eliminam, os sinais clínicos, o que invariavelmente conduz a que as doenças ganhem um carácter crónico. Mais tarde, ou mais cedo, todos seremos crónicos, sem grandes crónicas (talvez as coisas se relacionem, não sei).

 

E também não sei, ou talvez julgue saber, vá lá, o porquê das doenças, na sua maioria, adquirirem cronicidade. Mas isso é assunto para outras crónicas.

 

Focando o meu texto na Depressão /Patologias Mentais e correndo o risco de apelidarem esta minha opinião de neomarxista, vejo como possível etiologia, daquelas doenças, uma desadequação entre a nossa biologia (lenta nas suas evoluções, involuções e adaptações) e os saltos de tigre culturais e societais. Mas acredito que possa estar errado e se resuma tudo a uma falta de vontade e não à falta de tempo . Que também aqui, como nos lembram homens, excepcionais, de grandes certezas , não haja vítimas. Apenas  pessoas, ordinárias, que finjem grandes males.