Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

Blogue de Alterne

Gosto de, sob o Facho, usar a Foice mas, tenho, no Martelo, o meu maior prazer.

14 Fev, 2019

...

Nascemos, ou tornamo-nos monstros? (pt3)

 

 

"Everything is determined, the beginning as well as the end, by forces over which we have no control. It is determined for the insect as well as the star. Human beings, vegetables, or cosmic dust, we all dance to a mysterious tune, intoned in the distance by an invisible piper." Albert Einstein

 

“Take a moment to think about the context in which your next decision will occur: You did not pick your parents or the time and place of your birth. You didn't choose your gender or most of your life experiences. You had no control whatsoever over your genome or the development of your brain. And now your brain is making choices on the basis of preferences and beliefs that have been hammered into it over a lifetime - by your genes, your physical development since the moment you were conceived, and the interactions you have had with other people, events, and ideas. Where is the freedom in this? Yes, you are free to do what you want even now. But where did your desires come from?” Sam Harris

 

Sam Harris é um escritor, filósofo e neurocientista americano. Licenciado por uma das melhores Universidades Americanas (Stanford University). Em 2009 completou o seu Doutoramento, em Neurociências, na Universidade da Califórnia, Los Angeles.

 

 

 

11 Fev, 2019

...

Muitas composições do género Black Metal são autênticas preciosidades musicais, tecnicamente muito exigentes, só ao alcance de serem interpretadas por exímios instrumentistas. Para um ouvido leigo, destreinado, acredito que ouça apenas "barulho". Para o adepto, para o musicólogo, muitas destas composições traduzem melodias sublimes. Aqui fica a adaptação, para piano, da canção, Where dead Angels Lie, do grupo sueco, Dissection. Espero que gostem!

 

 

 

 

 

11 Fev, 2019

...

09 Fev, 2019

...

 

Ouvi, certa vez, um médico, de uma Unidade de Cuidados Paliativos, dizer, que o que tinha aprendido de mais importante, nesses anos mais longos que os contados pela sua vida, era serem as coisas destituídas de preço as mais caras de toda a biografia. Nelas incluía aqueles dias ficados num sol morto de mar inerte, ou as chuvas baptismais dos finais de tarde, ou, neste agora mesmo, a árvore luxuriante entrevista por um corpo exaurido que lhe dizia: - E amanhã, o que seria? O chilrear vespertino, que não bateria ainda a Hora Certa? Ou também aquele abraço estendido nuns idos de Março? Mas, sempre e acima de tudo, há-de ficar o Beijo enlevado, guardado no nosso Amor, nas mãos dadas, que nada pareciam nesses dias de então.
Aí estava o sumário da vida ditado pela maestria dos que a ela, ainda, mais pediam, mas já não podiam (porque só damos valor quando perdemos). Guardo num bolso da alma esse testamento vital, ouvido, em dias distantes, quando da vida apenas sabia ao que sabia um pão de leite. Hoje faço-o saber sentido, luz inscrita por debaixo da pele. Afortunado sou porque a ele lhe devo as lágrimas de uma Alegria sem razão.

09 Fev, 2019

...

 

"Come, strong storm from the eternal void
and steel my will, release my string!
Lift my spirit upon eagle-wing
and show me the way and the day to come.

Come storm, and all the fragmented flurry!
Come, lethargy-eraser from the east,
in bleak, ravaged, fading autumn
and separate all dead from vigorous life.

Longstrider swift, come back
and blow at wild daybreak
the wanderer-horn under the sky
calling as during the night.

Wake me from slumber nuisance and neediness
with greetings from your oceans.
Shine the longing out, carry the sorrow off
and rouse me with your strong song.

Rouse me to work, rouse me to deed,
fill me with strength and earnest ways!
Be the Lord's besom for a world
which disintegrates without salt and seed.

A year-old straw so thin and bleak
I am, in the unsteady autumn gale, – Sing
of all that was and is no more.
My life is frail, my voice weak.

Come fill me, life, with ecstasy and storm!
Flood, heated liquid of life,
and tend that fire, that hidden force
which shatters the stiff norm of death.

Bend me like a storm-bent birch on the altar,
where each leaf shivers and sings,
and force me, life, with push and gust,
to serve you in joy as in sorrow.

Teach me the great humility – bend
my spirit, like the tree trunk in the storm.
Solar storms stubborn, straight, come,
my yearning which these heights pull upon.

Bend me, but break me not down.
Teach me to stand in life's game
as steady as this stiff oak,
as soft as windswept straws on the knoll.

Teach me to sing, wind upon the heath,
as silently as you do between straws
of all the frail, meagre, gray
who unmentioned lived, unknown struggled.

Like a forest in storm from glacier-fells
sing, soul, and feel dauntless and strong!
A word can do the work of giants,
and lives even though the man falls"

08 Fev, 2019

...

 

 

"Já agradeceste a Deus pelos teus erros de hoje?"

 

"O instrumento musical mais sensivel é a alma humana. De seguida, a voz humana. Devemos purificar a alma até que ela ressoe".

 

 

07 Fev, 2019

...

Cenografia
Muito mais do que decoração e ornamentação, a cenografia é a técnica de organizar todo o espaço onde as acções dramáticas são encenadas. A cenografia é uma parte importante do espectáculo, pois ela ambienta e ilustra o espaço/tempo materializando o imaginário e aproximando o público da representação. A cenografia cria e transforma o espaço cénico.

07 Fev, 2019

...

Aviso Parental: M/18

 

Cenografia
Muito mais do que decoração e ornamentação, a cenografia é a técnica de organizar todo o espaço onde as acções dramáticas são encenadas. A cenografia é uma parte importante do espectáculo, pois ela ambienta e ilustra o espaço/tempo materializando o imaginário e aproximando o público da representação. A cenografia cria e transforma o espaço cénico.